PROGRESSO FINANCEIRO OU REGRESSO HISTÓRICO

OURO PRETO 54% TOMBADO - DUBAI 0% TOMBADO SEJA SINCERO(A) QUAL É MAIS BONITA E PROMISSORA?

Sei que muitos pseudo arqueólogos, historiadores e sentimentalistas vão me achar um mostro, mas não posso mentir pra mim mesmo e dizer que adoro esses casarões velhos arcaícos que só servem para criar morcegos e imundiçar a cidade.

Hoje vivemos uma febre de exagerada proteção ao que se poderia chamar de patrimônio histórico, velhos imóveis em áreas comerciais com total capacidade de desenvolver um fim social e financeiro e que por força dessa onda patética de tombamento ficam parados sem uso algum e sem ninguém achar isso bonito ou rico.

Se pelo menos a história compensasse até poderia valer a pena, mas quem habitou essas casas na maioria eram burgueses que esses mesmos falsos preservacionistas hoje odeiam, eram pessoas que cultuavam acumular riquezas, explorar a mão de obra de pobres inocentes,  estuprar filhas e esposas de seus feudos e escravizar pessoas em suas redomas, ou seja deviamos era demolir esses casarões para expurgar qualquer lembranças dessa história de horror que nossos antepassados sofreram.

Me critique quem quiser, mas ter uma igreja que traga boas lembranças da história um mercado que já rendeu bons frutos e remete a uma memória remota é de bom alvitre, mas ter uma cidade toda velha atrasada, sem brilho, sem modernidade e sem perspectiva de futuro é uma tragédia histórica que um dia nossos descendentes vão mudar tudo e nos chamar de otários.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: