COMUNIDADE DE JATOBÁ RECEBE SISTEMA DE PURIFICAÇÃO DE ÁGUA

Moradores da comunidade de Jatobá, localizada na região Eixo Forte, distante 25 km da área urbana de Santarém, passam a contar com um sistema de purificação de água. A instalação do novo equipamento de captação de energia solar aconteceu na última quarta-feira (20). A partir de hoje, unidade já se encontra em pleno funcionamento. A ação faz parte de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) e o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).

 

No local, técnicos da SEMMA e do o INPA apresentaram a nova tecnologia para os comunitários, para que a própria comunidade possa administrar o sistema. “Orientamos a comunidade sobre a importância da utilização correta do sistema. Vamos atuar no monitoramento e manutenção dos equipamentos”, disse o técnico de Áreas Protegidas da SEMMA, Gerson Campos.

 

O técnico do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Ray Cleise Nascimento, que trabalha no órgão há 15 anos, na área de energia solar e secagem de madeira, informou que após o uso dos equipamentos em comunidades indígenas, no Amazonas, houve uma diminuição significativa de doenças ocasionadas pela água contaminada.

 

“A tecnologia é de grande importância, assim conseguimos trabalhar a saúde preventiva. É uma forma de evitar que pessoas cheguem aos hospitais com diarreias ou outras doenças provenientes da água contaminada e gastem com remédios e consultas médicas, principalmente crianças e idosos que sofrem mais com esses tipos de doenças”, relatou.

 

Além de Jatobá, que recebeu os primeiros equipamentos, o sistema também será implantado na comunidade Nova Gurupá, região do Rio Arapiuns.  

 

Sobre o sistema de purificação de água- O equipamento conhecido como Ecolágua é um sistema portátil durável, pesa 13 quilos. É uma inovação tecnológica que funciona basicamente com energia solar, purifica 400 litros de água por hora. A água do rio é exposta a radiação e se torna potável instantaneamente, própria para o consumo, livre de germes.

CCOM/PMS – com informações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: