JUSTIÇA PROÍBE DIVULGAÇÃO DE PESQUISA SUSPEITA DE FRAUDE

Em uma manobra inédita e desesperada para burlar decisão judicial que proibiu a divulgação dos dados da pesquisa Ibope, o jornal O Liberal – porta-voz do candidato à reeleição Simão Jatene - surpreendeu os leitores antecipando a edição de domingo para a manhã de sábado alegando suposta “manutenção do parque gráfico”. A multa pelo descumprimento da decisão judicial é de R$ 1 milhão.

A verdade é que O Liberal se antecipou para divulgar a pesquisa de forma ilegal com objetivo de favorecer Simão Jatene. Na noite da última sexta-feira, o juiz eleitoral Marco Antonio Lobo Castelo Branco concedeu liminar proibindo a divulgação da pesquisa e estipulou multa de R$ 1 milhão em caso de desobediência. “É a boa-fé do eleitor que está em jogo e isto é de fundamental importância no processo democrático. Em pesquisa anterior, noticiam os autos, há incongruência na coleta de dados. Tal fato está sendo apurado na esfera competente”, afirmou Castelo Branco. Ou seja: para a Justiça, a pesquisa do Ibope tem fortes sinais de fraude

Fonte: DOL

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: