LINDA DAMA DO PÓ A DENTISTA FOI PRESA ARMADA ATÉ OS DENTES

Dentista é presa por tráfico de drogas e polícia diz que ela estava “armada até os dentes”
 
A dentista Marina Stresser de Oliveira, de 26 anos, foi presa em flagrante por policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) no Xaxim, em Curitiba, na tarde desta terça-feira (11). Ela estava com o comparsa Ronaldo de Souza Araújo, de 25 anos, o “Roni”, quando foi abordada em um carro Megane na garagem do consultório.
 
O homem entregaria uma espingarda calibre 12 e uma pistola nove milímetros municiada para a odontóloga. Na sequência das abordagem, outras armas pesadas, munições e drogas foram encontradas com ela.
 
A delegada Camila Ceconello, titular da Denarc, afirmou que as investigações se iniciaram a partir de denúncias de que a dentista armazenava drogas no consultório. “A denúncia também dizia que ela contava com o auxílio de Roni, que costumava fazer algumas entregas de entorpecentes para ela, além do transporte de armas”, contou a delegada.
 
Com a informação de que Roni levaria uma arma para o consultório, na tarde de terça, os policias da Denarc fizeram uma campana no local e flagraram o momento em que ele chegou ao local no Megane, placas AJQ-8321, e estacionou na garagem do consultório. “Assim que Marina foi até o veículo, os policias fizeram a abordagem e, em revista ao automóvel, localizaram uma espingarda calibre 12 no porta-malas, além de uma pistola 9 milímetros municiada, escondida na parte traseira do banco do passageiro”, contou a delegada.
 
 
 
Segundo a Polícia Civil, a dentista estava “armada até os dentes”. Em revista ao consultório, foram localizadas 30 munições de fuzil. Na residência da dentista, também no Xaxim, foram encontrados uma submetralhadora 9 milímetros, um carregador municiado com munições de 9 milímetros, 1, 3 quilos de crack, 2 quilos de maconha e uma balança. Em outra casa mantida pela dentista para armazenagem de entorpecentes, localizada no Campo do Santana, foram encontrados mais 13,5 quilos de maconha, uma balança de precisão e 4 munições calibre 38.
 
No total apreendemos uma submetralhadora Calico 9 milímetros, uma espingarda semiautomática calibre 12, L. Franchi, uma pistola 9 milímetros Cherokee com numeração raspada, uma pistola 9 milímetros, Read Warning, uma garrucha calibre 22, 72 munições, sendo 30 munições para fuzil calibre 7.62, 28 munições calibre 9 milímetros e 4 munição calibre 38, 15,5 quilos de maconha, 1,35 quilos de crack e duas balanças de precisão.
 
A dupla foi autuada por porte ilegal de arma de uso restrito. Marina também foi autuada por tráfico de drogas. Roni já tinha antecedentes criminais por receptação. 

cOMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: