MULHER DENUNCIA QUE TEM BOCA DE FUMO NO PRESÍDIO

Em entrevista ao repórter policial Wiliares Sousa ( Coruja ) do Patrulhão da Cidade RBA BAND, na Delegacia de Polícia uma mulher que é tia de um viciado e ex presidiário denunciou que o tráfico de drogas dentro do presídio de Cucurunã rola solto. Ela afirma com todas as letras que existe boca de fumo lá dentro e que os usuários compram fiado para as famílias aqui fora pagarem, ela mesma já foi vítima da cobrança e disse que já não aguentava mais.

O caso repercutiu muito mal para aquela casa penal, já que tem o dever de preservar a ordem, evitar o cometimento de crimes e salvaguardar o direito dos presos.

Uma onda de comentários surgiu logo depois da denúncia, no meio policial. No Programa Patrulhão da Cidade já haviamos registrado denúncia nesse sentido quando uma equipe formado pelo MP, OAB etc...; fez uma visita juntamente com o grupamento Tático e encontraram grande quantidade de drogas pronta para a venda, celulares estoques etc...

 Veja matéria no link abaixo:

https://www.blogdoedyportela.com.br/products/presidio-de-cucurun%C3%A3-e-uma-boca-de-fumo-gigante/

 

Segundo inúmeras cartas enviados por presos para a TV RBA, para o apreresentador do Programa e para a OAB e MP  é verdade que tem realmente bocas de fumo detro da penitenciária. e segundo as denúncias pode ter envolvimento de servidores públicos, agentes estatatais e funcionários que prestam serviços no Sistema. as cartas não falam de participação de policiais, nem civis nem militares, apenas citam a ação do Grupo Tático quando das revistas que segundo alguns presos usa energia demais para efetuar o trabalho de revista nas celas. 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: