MULHER TORTURADA E QUEIMADA COM CIGARRO

Está foragida a autora do crime de tortura que fez essa barbárie com a jóvem universitária Vítória Melo que teria se nvolvido com o Esposo da empresária Elizangela Sallutt Biaco de 37 anos. Um vídeo com imagens da universitária sendo torturada tem circulado pela internet através do WhatsApp.  ( Veja Vídeo ).

<iframe src="https://www.4shared.com/web/embed/file/tV0LljXfce" frameborder="0" scrolling="no" width="470" height="320"></iframe>

 

Ela é torturada  de forma cruel por outras mulheres que acusam a vítima de se relacionar com um homem que provavelmente é comprometido ou foi de uma das autoras. Muito machucada provavelmente por uma sessão de espancamento as autoras da tortura ainda queimam o rosto da vítima com um cigarro, as agressões com o cigarros se repetem a todo instante. 

As autoras ainda obrigam a mulher se declarar vagabunda, puta, entre outros adjetivos vulgares, em meio a isso a vítima continua sendo queimada no rosto pelo cigarro.  informações preliminares dão conta que o caso foi em São Paulo na Praia Grande.  A crueldade nas imagens mostra uma face difícil de ser flagrada em pessoas do sexo feminino, A empresária está foragida e está sendo procurada pela Polícia, se presa ele vai responder por lesão corporal grave, tortura, formação de quadrilha ou bando e pode pegar de seis a doze anos de prisão.