O CÍRIO DIMINUIU

Inegavelmente esse ano o Círio ficou menor, menos gente na procissão, menos interesse e a cidade se embandeirou bem menos do que em anos anteriores, ficou visível a Avenida São Sebastião com meia dúzia de bandeirinhas, servindo de teto para a passagem da Santa e dos romeiros.

Outro aspecto que também se notou de cara foi o número e o volume de homenagens, estava menos e menos intensa e veemente, embora alguns colegas comunicadores se esforçassem para agigantar o tamanho desse Círio não há como negar, estava menor.

No Sindicato dos Esticadores principal homenagem durante todo o trajeto, a decoração estava minguada, os fogos também, em datas mais aureas já tivemos melhores e maiores.

Até a fiscalização e organização de trânsito ficou menos intensa e eficaz, no cruzamento da Avenida Rui Barbosa com a Cuiabá não havia barreira e os carros e motos trafegavam livremente cortando a Procissão em vista de atropelelar crianças , cadeirantes e idosos. O Círio se apequenou em volume, porém o que se sente é que continua gigante na fé, na devoção e no amor que os fiéis demontsram por Nossa Senhora da Conceição. Embora menor fica cada vez mais claro que o povo católico ainda ta de pé e firme na fé.

Mas... a que se deve essa redução? Será que pode se creditar isso ao crescimento do povo evangélico? A falta de ataque total da Igreja Católica? Será que precisa ser feito o mesmo trabalho que as igrejas evangélicas fazem na arregimentação de almas para suas fileiras? Bom que o povo católico já esteve em  maior número isso é fato, o povo evangélico que hoje representa 34% da nossa população cresceu mais de 80% em 20 anos. Em nome de Nossa Senhora vamos ferver essa fé, vamos acreitar no trabalho de evangelização dos católicos, queremos um Círio com toda grandeza que Nossa Senhora merece.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: