SGT DA PM ASSASSINADO EM MANAUS

Um crime bárbaro aconteceu na manhã desta segunda-feira (26), na Avenida da Conquista, Residencial Viver Melhor IV. O 3º Sgt da PM Fredson José Cunha de Oliveira foi morto com dois tiros no rosto. 
Conforme testemunhas, um vizinho falou para o sargento que havia um homem desconhecido sentado na frente do bloco há algum tempo. Desconfiado da atitude suspeita o PM foi até o rapaz. O policial teria solicitado ao suspeito para levantar um pouco a camisa para verificar se estava armado, foi quando o atirador sacou uma arma e deu dois tiros na cabeça de Fredson.  
                                                                                             Sgt. Morto trabalhava na Casa Civil
A arma do policial que estava a paisana foi levada pelo assassino que fugiu. Dois suspeitos já foram detidos e conduzidos à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 
A polícia apresentou no início desta tarde os dois elementos acusados pelo assassinato do 3º Sgt. Fredson morto com dois tiros na cabeça.
 
Em uma gravação, um dos elementos confessa participação no caso, mas nega ter sido autor dos disparos.
Conforme ele, seu parceiro identificado como “Neguinho”, notou o telefone de Fredson e que o objetivo era assaltar o dispositivo. No entanto, não sabiam que Fredson era policial e ao realizar a abordagem o homem teria reagido, o que levou aos disparos.
 
                               Barata e Neguinho o autor dos disparos
A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros está coletando todos os depoimentos até que tudo seja devidamente esclarecido. Assista ao vídeo onde um deles confessa o crime.
Fonte: Portal do Holanda
 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

 

        

 

Newsletter

Assine a nossa newsletter: